Roteiro de 7 dias em Natal e Pipa [RN]

DCIM106GOPROG3286678.

Pra finalizar a série de posts sobre o Rio Grande do Norte, o nosso roteiro! 😉

Eu e o André escolhemos Natal para ser um dos destinos das nossas férias de abril.

Os principais motivos de termos escolhido este destino foram: 1. Queríamos praia. 2. Pesquisamos um destino com o melhor clima em abril.

Pesquisando, vimos o Rio Grande do Norte era um dos lugares com menor probabilidade de chuvas e batemos o martelo. Escolha maravilhosa!

DICA: Se você tem 5 dias ou mais, divida a viagem entre Natal e Pipa.Pipa é longe, foram acho que duas horas de táxi a partir da Ponta Negra, e é SENSACIONAL. Garanto que você vai querer ficar mais do que um bate-volta.

ROTEIRO

 DIA 1 | Ponta Negra

20150403_121923

Chegamos em Natal na quinta-feira à noite, já quase de madrugada, fizemos o check-in no hotel e fomos dormir, então nem vou considerar este o primeiro dia.

Como ficamos na Ponta Negra, resolvemos passar este dia na praia, passear,  matar a saudade do mar, ver o Morro do Careca de pertinho e ficar de boa durante o dia inteiro. Almoçamos na praia mesmo, em uma barraquinha que ficamos. Não curti muito a comida, pra ser sincera. Adoro comida de praia, mas essa deixou a desejar.

À noite passeamos pela orla e achamos um restaurante italiano pra jantar. A orla da praia é meio feia, simples, com muito vendedor de passeios. Os preços nos surpreenderam, eram até bem acessíveis. Dava pra jantar por R$ 50,00 o casal. No dia seguinte descobrimos uma rua bem próxima, que dava pra ir andando, chamada Rua da Salsa (o nome mesmo é outro, mas os moradores chamam assim), que tinha uma boa vida noturna, vários barzinhos e restaurantes. Recomendo.

Dava pra ter conhecido outra praia da cidade se quiséssemos, à tarde, mas optamos por curtir apenas essa, pois era a que mais nos interessava. Eu não costumo gostar muito das praias das capitais, prefiro fazer uns passeios e conhecer as mais distantes.

 

DIA 2 | Genipabu

genipabu bug buggie buggy natal passeio rio grande do norte

Já deixe reservado para o segundo dia o passeio de buggy por Genipabu. O Parque Turístico Ecológico Dunas de Genipabu (ou Jenipabu) engloba  uma praia, um grande complexo de dunas, uma lagoa e uma área de proteção ambiental localizados no município de Extremoz, no Rio Grande do Norte. Localiza-se a vinte quilômetros da capital, Natal. Fonte: Wikipedia.

É um passeio super divertido, com várias paradas para praticar aerobunda (tirolesa), skibunda, passeio de dromedário, aquário, piscinas naturais, etc.

Expliquei tudo direitinho no post Passeios de Natal | Buggy em Genipabu.

 

DIA 3 | Maracajaú

maracajau brasil natal recifes de corais parrachos nordeste praia mergulho de cilidro

Melhor passeio da viagem! Nunca havíamos mergulhado, e a sensação foi INCRÍVEL!!

No dia anterior, veja com seu hotel a tábua da maré para o dia seguinte, previsão do tempo e, se tudo estiver ok, reserve o dia para Maracajaú. Pra mim, o melhor passeio da viagem. O lugar é chamado deCaribe brasileiro e é lindo, com águas cristalinas e diversos corais e peixinhos.

mergulho de cilindro é à parte, mas eu recomendo fortemente. Fica tudo muito mais interessante, é bem seguro e te guiam o tempo todo. Se você tiver problemas de enjôo, é bom levar um remédio. 😉

Expliquei tudo direitinho no post Passeios em Natal [RN] | Mergulho em Maracajaú.

 

DIA 4 | Traslado Pipa + Praia do Amor

brasil nordeste pipa praia do amor sol mar natal rio grande do norte paraiso

Nos dias de viajar para outra cidade, fazer check-out em hotel e até mesmo de voltar pra casa, a gente gosta de fazer tudo com calma e sem pressa. Acordar tarde, tomar café tranquilamente, arrumar as malas, procurar um lugar pra almoçar e daí partir. Foi o que fizemos neste dia.

DICA: O melhor custo-benefício de ir para Pipa é pagar um passeio a partir de Natal para lá (custa uns R$ 50,00). De quebra você conhece as praias, o lugar e é só pedir pro guia te deixar no seu hotel lá. Se não quiser fazer o passeio, provavelmente ainda vai ser possível ele te deixar lá mesmo assim. É só negociar.

A gente estava MUITO cansado dos últimos dias e preferiu pegar um táxi depois do almoço pra lá. Como nosso hotel ficava de frente pra Praia do Amor, quando chegamos lá fomos direto curtir essa praia. À noite, fomos passear pela cidade (que é fofíssima) e achar um lugar pra comer. Pipa é bem turística. Então, apesar de pequena, é mais cara, cheia de gringo, mais gostosa e com opções mais interessantes pra comer/curtir.

Nos apaixonamos por Pipa no momento em que pisamos lá. Vale a pena dividir a viagem e ficar alguns dias lá. 😉

 

DIA 5 | Quadriciclo + Praia do Madeiro

quadriciclo em pipa natal rio grande do norte brasil nordeste praia mar gopro

Taí outro passeio sensacional. Decidimos fazer esse passeio porque tinha mais cara de aventura. Enquanto nos outros faríamos o mesmo percurso de carro, neste iríamos no nosso próprio quadriciclo e ainda voltaríamos dentro de uma trilha pela Mata Atlântica. Muito bom. O visual é INCRÍVEL, difícil de descrever, mas arrancava suspiros durante o caminho inteiro.

Descrição: Vamos conhecer o famoso Chapadão, formação natural de um deserto. Do alto das falésias, uma vista única da Praia do Amor e Praia das Minas, onde percorreremos deslumbrantes 4km de praia até Simbaúma, uma nativa e encantadora vila de pescadores com visual inesquecível. Este passeio continua por trilhas através de uma fazenda de camarões até chegar à Praia da Barra do Cunhaú, onde o rio encontra o mar e faz alegrias dos kite surfistas. O caminho de volta é por trilhas dentro da mata atlântica.

O que não gostamos: pra variar, paramos em uma fazenda de camarão onde poderíamos almoçar (pagando caro). Ficamos lá cerca de 1 hora, com fome, mas nos recusamos a fazer parte do esquema e preferimos escolher outro restaurante em Pipa mesmo, quando chegássemos.

No final, o nosso guia nos deixou na Praia do Madeiro (pois ficava mais afastada do nosso hotel) e almoçamos por lá. Pra gente, foi a melhor praia da viagem.

 

DIA 6 | SUP + Golfinhos + Praias de Pipa (Amor, Centro, Baía dos Golfinhos, Madeiro)

pipa praia do madeiro natal rio grande do norte sup no mar nordeste golfinhos

Como era nosso último dia, resolvemos passear pelas praias de PipaFomos andando pela orla, passando por cada uma a pé mesmo. Foi cansativo, quente, mas muito bacana. Começamos pela Praia do Amor, passamos pela Praia do Centro, depois pela Baía dos Golfinhos e por fim chegamos na Praia do Madeiro. O percurso todo deve ter durado 1 hora, indo sempre pela orla.

PRAIA DO AMOR – como já conhecíamos, só passamos por ela.

PRAIA DO CENTRO – tem bem jeito de centro mesmo, mais gente e não tão bonita. É uma praia bem calminha, nem tinha ondas quase. Eu entrei na água rapidinho só pra me refrescar, porque o sol tava de rachar.

BAÍA DOS GOLFINHOS – linda demais! Só é acessível por barco ou na maré baixa. Aproveitamos para mergulhar um pouco naquele lugar paradisíaco e foi lá que vimos os primeiros golfinhos da viagem.

DICA 1: não pague o passeio de barco para ver os golfinhos na baía, vá à pé na maré baixa. Eles ficam TÃO perto da praia que você pode nadar do lado deles, bastando entrar na água. 😉

DICA 2: é mais fácil ver os golfinhos pela manhã, entre 9h e 12h.

PRAIA DO MADEIRO – essa passagem foi a mais difícil, você vai andando em um trajeto longo por entre as pedras. Foi chato e se desse pra desistir e dar meia-volta, eu desistia. Mas conseguimos terminar a travessia sem mais problemas.

Gostamos tanto dessa praia que resolvemos almoçar lá de novo e ficar por lá. O pessoal da barraca era super gente boa e nos cativou. Eu aluguei um SUP e o André pagou aulas de SURF. O SUP foi muito bacana, porque a todo instante via golfinhos brotando bem perto de mim. Além disso, foi a primeira vez que fiz no mar. O SURF o André não curtiu muito não, ele ficou bem enjoado :/

 

DIA 7 | Voltando pra casa

Dia de fazer curtir o hotel, fazer check-out  e ir pra casa. :/

 

O QUE MUDARIA

Acrescentaria um dia a mais em Pipa para a Barra de Cunhaú (parece incrível). Repetimos algumas praias em alguns dias, mas não achamos ruim. Dava para fazer o passeio pelas praias de Pipa (dia 6) no dia do traslado (dia 4) e aí sobraria um dia para a Barra de Cunhaú, mas ficaria uma viagem mais cansativa.

 

<3

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *