Itália | Roteiro de 14 dias

dsc_0921

Ano passado André e eu realizamos um sonho em comum: conhecer a Itália. Mamma Mia! Que lugar delicioso! Pode voltar todo ano? <3 Foi uma riqueza de história, arte, cultura, beleza natural, comida maravilhosa e vinho todo dia. Não sei se tinha como superar expectativas, mas tenho dúvidas se algum lugar no mundo vai superar esse país!

Época da viagem: primavera, maio de 2016.

Como estava o clima: ainda estava bem friozinho, pra ser sincera! Chuva foi quase zero, mas tava sempre meio nublado. Quando abria o sol, fazia o maior calor, quando ficava nublado, aquele frio.

Cidade que mais gostamos: Roma, sem sombra de dúvidas. E recomendo começar mesmo por ela. É uma cidade incrível, que te ganha logo de cara. Tem um clima diferente, bem gostoso. Não sabia o que esperar dela e foi surpreendente. <3

Lugar mais bonito: Lago di Como. Ô vontade de passar vários dias lá. Fizemos apenas um bate-volta, mas aquele lugar merece mais.

Lugar onde comemos melhor: Milão. Tudo o que comemos lá era gostoso. Foi por lá também o único lugar que encontramos macarrão a bolonhesa. E o milanesa? Delicioso.

Melhor balada: Florença. Cidadezinha delícia! Ao contrário de Roma, ela te cativa aos poucos. A cidade tem uma energia mais jovem, cheia dos novinhos europeus mochilando. Adoramos!

Lugar mais caro: Veneza. Não é absurdamente mais caro, mas dava pra sentir uma diferença.

O que dá pra cortar, se tiver menos tempo: Cinque Terre. É lindo, mas vale uma viagem com mais tempo. Ficamos só 1 dia por lá. Se tivesse ainda menos tempo, tiraria Milão e Lago di Como, infelizmente :/

Vôo: pra ganhar mais tempo e não gastar com deslocamento, vale chegar por um aeroporto e voltar por outro. Chegamos por Roma e voltamos por Veneza. Foi uma ótima escolha! 😉

No mais, segue nosso roteiro não tão detalhado!

 

1º dia: chegamos mais ou menos na hora do almoço, mas como era primavera, e o sol se põe bem tarde, deu pra aproveitar muito. Demos uma volta pelos principais pontos da cidade, como dá pra ver no mapa abaixo:

Nosso hotel ficava ali do lado da estação Lepanto (já próximo ao Vaticano), aí fomos descendo até o Castelo Sant’Angelo, Piazza Navona, Panteão, Fontana di Trevi, Piazza di Spagna, Piazza del Popolo e, por fim, de volta ao hotel ^^. Fomos só com um mapinha e meio que se perdendo pelas ruas. Recomendo mesmo se perder por lá!

Todo o trajeto deu 6 km.

dsc_0149
Fontana di Trevi. É linda, gigante e dramática.
Castelo Sant'Angelo.
Castelo Sant’Angelo.

2º dia: Reservamos o dia inteiro para o Coliseu e o Fórum Romano. Ambos imperdíveis. De lá demos uma passada no Monumento Vittoriano, Palatino e Museus Capitolinos. Recomendo fechar passeio com guia para o Coliseu e Fórum Romano, é muito interessante ouvir toda a história do lugar, curiosidades, etc. O passeio ganha uma riqueza muito maior.

Coliseu.
DSC_0278
Fórum Romano.

3º dia: Dia de conhecer o Vaticano! Como tudo por ali, é imponente demais. Foi o lugar mais cheio da viagem, disparado. Lá fica a Basílica de São Pedro, onde está enterrado o próprio São Pedro e tem aquela escultura da Pietá, de Michelangelo, famosíssima. Subimos tudo, para ter uma vista da cidade, bem bonita, mas não vale o esforço. A escadaria é ABSURDA. Não recomendo.

Lá também fica a parte mais esperada por nós. Os Museus do Vaticano e a Capela Sistina, linda, cujo teto foi pintado por Michelangelo. Infelizmente não podia tirar foto, e eu sou dessas que obedece sim! 😉 Muito Código da Vinci.

Basílica de São Pedro.
Basílica de São Pedro.
teto do museu do vaticano
Um dos tetos dos museus do Vaticano.
escadaria museus do vaticano
Escadarias dos museus do Vaticano.

4º dia: aproveitamos o dia para passear de novo pela cidade. A ideia era visitar outros lugares, como o parque Villa Borghese e o Campo di Fiori, mas resolvemos só curtir a cidade com calma e refazer praticamente todo o trajeto que fizemos no primeiro dia 🙂

A gente não curte ficar naquela loucura de dar check em todas as atrações turísticas. Como a gente já sabe mais ou menos os tipos de atrações que gostamos, vamos bem direcionados e com calma.

Imagem2

5º dia: trem de Roma para Florença. Saída pra explorar a cidade. Conhecemos a Ponte Vecchio, o centro, o Duomo e a Basílica de Santa Croce, a principal igreja franciscana da cidade, onde estão enterrados Michelangelo, Galileu Galilei, Maquiavel e Rossini, dentre outros. Incrível. A lenda diz que ela foi fundada pelo próprio São Francisco de Assis.

6º dia: dia de museus. Começamos pela Galleria dell’Accademia. É um museu pequeno, e o mais interessante mesmo é a escultura de David, de Michelangelo. É impressionante e vale muito a visita. De lá fomos ao famoso museu Uffizi, localizado em um palácio repleto de algumas das mais famosas obras do Renascimento do mundo. Caravaggio, Leonardo da Vinci, Michelangelo, Rafael, Botticelli e Rembrandt estão lá.

7º dia: nosso último dia de passeio por Florença. Pra mim, o melhor dia. De manhã fomos conhecer a Piazzalle Michelangelo, uma praça mais distante da cidade, com uma vista incrível. À tarde resolvemos ficar no mercado central deles, comendo e bebendo vinho, jogando conversa fora, a tarde inteira. Foi o que mais gostei! 🙂 Esse mercado tem muitas coisas deliciosas pra vender.

8º dia: dia de pegar o carro que alugamos e dar uma volta pela Toscana. Visitamos San Gimignano e Volterra, cidades medievais próximas a Florença. ^^

dsc_0471
Giardino delle Rose. A caminho da Piazzalle Michelangelo.
Duomo de Florença.
Duomo de Florença.
DSC_0594
San Gimignano.
DSC_0667
Volterra.
DSC_0698
Toscana.

 

https://www.instagram.com/p/BFwSui2LWOK/?taken-by=belisamagalhaes

https://www.instagram.com/p/BOvPuqCBnAV/?taken-by=viajarsim

Imagem39º dia: dia de pegar a estrada cedo rumo a La Spezia, cidade base para conhecer as Cinque Terre. Chegamos no hotel, fizemos check-in e já fomos até o porto para comprar a passagem. Infelizmente o trem que faz o percurso por todas as cidades estava em greve. Tivemos que ir de barco, o que foi bom pra ter uma visão bacana do barco, mas nos limitou muito.

Pudemos conhecer apenas a última das cidades, Monterrosso del Mare. O cenário do mar mediterrâneo é lindo. Deu vontade de ficar mais. Almoçamos por lá, passeamos e logo mais deu o horário do último barco de volta :/ O ideal era dormir por lá, mas estávamos de carro (lá só de trem ou barco) e só tínhamos um dia pra conhecer.

dsc_0757

dsc_0803

DSC_0784

IMG_6954

 

Imagem4

10º dia: dia de deixar La Spezia e dirigir até Milão. Chegamos bem pro final de semana da final da Champions League, que seria lá. A cidade estava em clima de festa, como dá pra ver no vídeo abaixo. Adorei! Milão é bem diferente de todas as cidades que visitamos. É mais moderna, descolada, rica, e respira moda. Pra todo lugar que olhamos, as pessoas andavam super fashion! Fiquei um bom tempo fotografando quem passava.

Visitamos o Duomo (lindo!), e ficamos curtindo o resto do dia aí nessa praça, tomando uns chopps da Heineken 😀 . Nem ligamos muito de visitar mais coisas na cidade. Dizem que não tem muita coisa, mas queria ter ido ver o quadro da Última Ceia, que fica lá.

https://www.instagram.com/p/BOiK87bhjpX/?taken-by=viajarsim

11º dia: Lago di Como, lugar mais bonito da viagem. A paisagem no norte da Itália já é bem diferente, lembrando um pouco mais a Suíça. Decidimos incluir esse lago na viagem depois de ver cenas dele em um filme do 007 kkkk. Vale muito à pena ficar alguns dias por lá. Ele faz fronteira com a Suíça e tem os Alpes ao fundo. Lindo demais!

Tem várias cidades às suas margens, mas elegemos Bellagio para um bate-volta. A cidadezinha é linda demais, passamos o dia lá e foi ótimo. Tem gente que vai em mais de uma cidade, mas pra mim ela mereceu o dia inteiro. Voltarei lá um dia!

 

12º dia: esse dia estava destinado a passearmos mais um pouco por Milão, mas resolvemos ficar de boa mesmo! Descansando e fazendo nada. =) Pra ser sincera, esse dia podia ser aproveitado para outra cidade tranquilamente. 😉 Colocaria em Roma ou faria uma parada, a caminho de Veneza, em Verona, cidade de Romeu e Julieta!

Imagem5

13º e 14º dia: pegamos a estrada pra Veneza, onde devolvemos o carro. Lá não teve roteiro programado não. Nos deixamos levar e nos perdemos por lá. Visitamos a praça São Marco, andamos de gôndola e compramos lembranças com o vidro de Murano, lindas!

Veneza é charmosa, mas muito turística. Isso faz ela perder um pouco o charme. Ainda assim, gostei bastante. Não senti cheiro ruim, mas aquela água lá não parece muito limpa não 😀

Gôndola: dura 30 minutos e é CARÍSSIMA. Ainda assim, fiquei feliz de fazer. Faz parte da experiência. Mas não sofra se o dinheiro tá apertado. Só vale à pena se ele estiver folgado. 😉

IMG_7459

IMG_7495

DSC_0199

https://www.instagram.com/p/BJnL3pWh3XS/?taken-by=viajarsim

 

Resumo:

  • Roma e Vaticano: 4 dias.
  • Florença e Toscana: 4 dias.
  • Cinque Terre: 1 dia.
  • Milão e Lago di Como: 3 dias.
  • Veneza: 2 dias.

 

Em breve farei posta detalhando todos os preços, onde se hospedar, e dicas gerais. 😉

<3

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *